Os Trabalhos com Testes de Videojogos Podem Impulsioná-lo para Praticamente qualquer Percurso no Desenvolvimento de Jogos

Trabalhar com testes de jogos, ao nível da garantia da qualidade, pode não ser o sonho de quem se identifique com a área. No entanto, se encarado de forma estratégica, é uma oportunidade que o levará a um caminho ascendente como programador, criador de histórias ou designer gráfico.

Acumular experiência e amadurecer

Qualquer pessoa que pretenda fazer carreira em áreas profissionais que pagam bons salários aproveita toda a oportunidade que lhe apareça para trabalhar, mesmo que seja em regime voluntário. A experiência faz parte da qualificação profissional e há oportunidades que são muitas vezes descuradas.

Não reconhecer experiência relevante

O aspirante a profissional na área dos jogos pode ter dificuldade em saber o que é relevante para o seu currículo e acabar por incluir experiência de trabalho que considere mais dignificante, como “Manager no El Corte Inglés”, deixando de531953908b7a1 referir que “o meu colega de quarto e eu criámos o ‘Squares vs Circles’ enquanto estávamos na faculdade e conseguimos 500,000 ‘downloads’ no primeiro mês”.

Os aspirantes a desenvolver jogos parecem ter uma espécie de complexo de inferioridade no que se refere a experiências relevantes na área, tendendo a considerar mais importantes os empregos que tenham tido numa empresa “a sério”, com um salário vinculado.

Desvalorizar oportunidades de fazer currículo, por se focar nas que não estão disponíveis

É importante criar um equilíbrio no seu portefólio. Se, por um lado, não deve deixar passar oportunidades de conseguir experiência de trabalho, por outro não é recomendável construir um portefólio com base em experiências não-relevantes. A melhor forma de encarar a questão é a seguinte: se tiver a oportunidade de trabalhar numa posição altamente relevante para aquela que ambiciona na área dos jogos, deve favorecê-la em detrimento de outras que não o sejam. Mas, quando o tipo de trabalho pretendido é bastante competitivo, não desvalorize a possibilidade de trabalhar em qualquer outra função.

Este é um dos motivos pelos quais o trabalho como testador de garantia de qualidade é um cargo a considerar, porque lhe dará experiência e familiaridade com um ambiente de trabalho semelhante àquele em que pretende inserir-se.